sexta-feira, 16 de abril de 2010

Sexta feira

No fim da tarde de hoje, como de costume, fiquei no meu quarto ouvindo música e pensando sobre as coisas da vida: acontecimentos, meus objetivos, o que eu poderia ter tirado de melhor do meu dia, enfim ..
É estranho pensar que passamos a metade da nossa vida lutando, criando objetivos pra 'ser alguém' na vida, pra conquistar tudo que queremos em busca de uma 'tal' felicidade. Levamos 20, 30 anos da nossa vida pra conquistar nosso espaço, nossos bens materiais, conquistar tudo que queremos.
Alguns conseguem, e MUUUUUITOS outros não. E pra que todo esse esforço ? Muitos que conseguem o que queriam, acabam não sendo felizes. E isso tudo acaba sendo muito ridículo !
As pessoas levam uma vida desesperada, alienada e mesquinha, sem pensar que estamos aqui só de passagem e que esse mundo é como se fosse uma escola: viemos pra aprender e melhorar.
Se as pessoas ao menos acreditassem que a vida nunca acaba e que existe um plano superior muito melhor que esse aqui, talvez não nos prenderíamos tanto a coisas materiais e tão insignificante perto da eternindade.

Um comentário:

Aion disse...

Acho que td mundo com mais de 2 neurônios passa por isso alguma(s) vez(es) na vida... Bem, pra mim isso se resume nos 2 principios basicos pra vida: fugir da morte e buscar a felicidade. Se parar pra pensar um pouquinho tudo que a gente faz é pra ficar se sentir feliz ou pra não morrer...

A gente cresce com modelos preconcebidos de felicidade que a gente "tem que" buscar e muitos desses modelos são puramente materiais e ideologicamente vazios.

Se vc entra nessa onda acaba se frustrando uma hora ou outra se não tiver respeito com as próprias vontades. Ai a felicidade fica cada vez mais longe.

Eu creio que se nós nos esforçar-mos pra 'servir a sociedade' mas de uma forma que respeite a nós mesmo, aos nossos desejos e necessidades, estaremos um passo mais perto de sermos felizes....

(espero não ter ficado confuso o que eu disse rsrs)

a propósito gostei bastante do post ^^